fbpx

Como ser redator online: 5 Passos definitivos para ter sucesso em 2021

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Quer trabalhar escrevendo de qualquer lugar, mas não sabe como ser redator online?

Você até tem uma noção geral, mas sente que ainda precisa entender melhor o passo a passo para se dar bem nessa carreira em 2021?

Então saiba que é possível fazer da escrita a sua profissão. 

Você pode começar hoje mesmo e dar os primeiros passos rumo à liberdade geográfica que a redação online possibilita.

Mas, para isso, você precisa criar um portfólio, prospectar os primeiros clientes e investir em conhecimento.

Para entender como ser redator e ter sucesso na profissão, seja como funcionário CLT ou freelancer, continue a leitura e descubra o passo a passo. 👩🏽‍💻

Como ser redator online em 2021?

Se você quer ser um redator online ainda em 2021, existem algumas estratégias que pode colocar em prática para iniciar na carreira. 

Criar um portfólio com seus textos, se cadastrar em plataformas de freelancers e adquirir conhecimentos na área são alguns passos essenciais nessa jornada. 

A boa notícia é que o mercado está cada vez mais necessitado de bons redatores.

Você tem dúvidas disso?

Profissionais de marketing digital, entre eles os redatores, foram listados entre as 15 principais categorias que vão decolar no mercado brasileiro em 2021, segundo o relatório Empregos em Alta no Brasil, do LinkedIn.

Então, uma coisa é certa: ao ser redator, você vai encontrar um mercado cheio de oportunidades.

Mas antes de começar a jornada, você precisa entender bem como funciona a carreira de redator. Siga com a leitura e descubra. 

O que faz um redator online

O redator é um profissional que trabalha escrevendo para empresas. 

Por isso, o seu dia a dia é criar conteúdo em texto para colaborar com a estratégia de marketing dos clientes.

Um redator pode escrever diferentes tipos de conteúdos: artigos para blogs, e-books e textos para redes sociais, por exemplo. 

Na maioria das vezes, o redator atua como um ghostwriter: um escritor fantasma que não assina os textos.

Nessa modalidade, os textos publicados são assinados com o nome do cliente ou empresa que contratou o serviço. 

3 Vantagens de ser redator online

Ser redator será bem vantajoso se você deseja ter mais liberdade e autonomia no trabalho. Confira 3 pontos fortes da carreira:

1. Trabalhar de qualquer lugar

Trabalhar em qualquer lugar do mundo é uma realidade para o redator online que atua como freelancer ou autônomo. 

Imagine não ter que pegar ônibus lotado toda manhã, ficar em casa em um dia de chuva… 

Essa pode ser a sua nova realidade ao investir na carreira. 

Como o redator trabalha diretamente com a internet, não importa onde ele esteja. 

Você pode estar em casa, na praia, em outro país. Se tiver um computador com acesso à internet, pode escrever com tranquilidade para os seus clientes. 

Por isso, se você quer ter liberdade geográfica para trabalhar, há bons indícios de que vai gostar de ser redator.

2. Ter liberdade financeira

Enquanto redator, você tem a possibilidade de definir a renda que deseja ter no fim do mês.

Se você quer atuar como freelancer, saiba que os seus ganhos financeiros estarão de acordo com o quanto você produz. 

A vantagem é que não existem limites para o quanto você pode ganhar. Tudo depende da sua capacidade e disponibilidade para escrever textos. 

Assim, não é um empregador que define o quanto você terá de salário. 

Você tem liberdade financeira para traçar a sua renda ideal. 

3. Atuar com vários modelos de trabalho

Não existe uma única forma de trabalhar com redação online. 

Você pode atuar como freelancer, atendendo a demandas pontuais de vários clientes.

Pode ser autônomo e ter uma agenda fixa de clientes todos os meses.

Também pode trabalhar como funcionário com CLT em uma empresa.

Não existem regras. A dica é encontrar a forma de trabalho que funciona melhor para você.

5 Passos para ser um redator online

Descubra como ser redator online e iniciar essa carreira com estes 5 passos:

1. Crie um portfólio

O portfólio é uma ferramenta essencial para mostrar os seus textos e captar clientes. 

Se você ainda não tem artigos publicados, a dica é escrever textos por conta própria, mesmo que você ainda não tenha sido contratado. 

Escreva sobre um assunto pelo qual você se interessa ou sobre a carreira de redator. Conte a sua história.

Assim, você poderá treinar a escrita e de quebra ter material para mostrar a possíveis clientes.

Na hora de montar o portfólio, vale a pena usar ferramentas que facilitem a criação. 

Plataformas como Contently e Notion são intuitivas e garantem um portfólio organizado e esteticamente bonito. 

Ps: fique à vontade para se inspirar no meu portfólio no Notion

2. Cadastre-se em plataformas de freelancers

As plataformas para freelancers são ótimas opções para quem está começando e ainda não sabe onde buscar clientes.

Essas ferramentas conectam redatores a empresas que estejam precisando de artigos. Portanto, pode ser a sua chance de conquistar o primeiro job na área.

Existem várias plataformas utilizadas por redatores no mercado, com destaque para estas:

  • 99Freelas
  • Workana
  • Textbroker
  • Contentool
  • GetNinjas
  • Plataforma Rock Content.

3. Invista em networking

A construção de relacionamentos é uma arma poderosa para conquistar o seu primeiro cliente.

Acredite: no início, a gente precisa contar muito com a nossa rede de contatos para sermos indicados a novos clientes. 

Com o tempo, a dica é expandir o networking. Existem algumas formas eficazes para fazer isso:

  • Participar de eventos e congressos de marketing
  • Entrar em grupos e comunidades online de redação
  • Fazer cursos e treinamentos na área.

Seja ativo nesses espaços, troque ideias com outros redatores e aos poucos você verá a sua rede de relacionamento crescer. 

4. Divulgue o seu trabalho

Divulgar o que você faz é o melhor caminho para ser lembrado por quem precisa de um redator.

Use as redes sociais para mostrar que você está escrevendo e conte sobre o seu trabalho de redação para colegas e amigos.

Em algum momento, você será indicado e poderá conquistar clientes. 

Outra estratégia é criar artigos em um blog próprio ou no LinkedIn. Essas ferramentas são boas vitrines digitais para o seu trabalho e aumentam as chances de alguém contratá-lo.

5. Adquira certificação de marketing

O mercado digital está cada vez mais aquecido, e você precisa estar preparado para lidar com a concorrência. 

Por isso, ter certificação de marketing é uma etapa básica para ingressar na carreira.

Há vários cursos e certificações gratuitas e online que você pode fazer para se munir de conhecimento e ter mais estratégia na hora de produzir seus textos.

5 habilidades essenciais para ser redator

Agora que você já conhece todos os passos de como ser redator, entenda quais são as habilidades que vão fazer a sua carreira decolar de fato:

1. Domínio de técnicas de SEO

As técnicas de otimização para mecanismos de busca (SEO) são um importante diferencial para os redatores.

Com elas, é possível levar um artigo de blog para a primeira página nos resultados do Google e assim gerar mais visitas ao site.

Para o seu cliente de redação, é uma vantagem significativa. 

Afinal, quanto mais acessos o blog tem, mais visitantes poderão ser convertidos em leads de vendas.  

A combinação entre redação para blog e técnicas de SEO é como o feijão com arroz: difícil encontrar quem não goste.  

2. Copywriting

Copywriting é a capacidade de escrever textos persuasivos que levam o usuário a fazer uma compra.

Esse tipo de redação ativa gatilhos mentais que aumentam as chances de o leitor tomar uma ação: comprar um produto, compartilhar um conteúdo ou se inscrever em uma lista de e-mails.

Por conta dos resultados significativos de um bom texto persuasivo, o Copywriting terá uma demanda cada vez maior no mercado.

Essa habilidade é fundamental para escrever textos que lidam com vendas: páginas de captura, páginas de vendas, e-mail marketing e anúncios, por exemplo. 

Assim, vale a pena se especializar na área para trabalhar como redator. 

3. Redação

O bom redator domina uma boa redação, é claro. 

Portanto, aprimorar as suas habilidades de escrita é essencial para fazer textos capazes de informar com qualidade e causar impacto na audiência. 

Você pode já ter ouvido que escrever bem é talento.

Eu concordo, mas em partes.

Claro que há pessoas com maior facilidade com as palavras.

Mas o fato é que a escrita pode ser desenvolvida e aprimorada com muita prática mesmo se você não tiver nascido com o dom.

Por isso, leia e escreva muito. Todos os dias, de preferência. 

4. Storytelling

Saber como contar boas histórias é outra habilidade que todo redator precisa desenvolver. 

Pessoas se conectam com as histórias de outras pessoas.

Por isso, o storytelling é uma técnica poderosa. Ao narrar histórias de forma criativa e envolvente, você torna a mensagem de um texto mais impactante.

Logo, as chances de engajar um leitor e despertar nele a vontade de se relacionar com a empresa são maiores. 

5. Capacidade de fazer boas pesquisas

Como redator, muitas vezes você terá que escrever sobre assuntos que não domina. 

Eu, por exemplo, ao longo da minha jornada produzindo conteúdo para blogs, já precisei escrever sobre temas como contabilidade, investimentos e gestão de negócios. 

Como fiz para contornar a falta de domínio sobre esses assuntos?

Com muita pesquisa!

Aliás, leve esta afirmação como um mantra: todo bom texto começa com uma boa pesquisa.

Portanto, aprimore a sua habilidade em levantar dados e informações relevantes sobre os segmentos dos seus clientes.

Quanto ganha um redator freelancer?

Um redator freelancer que escreve para blogs pode ganhar, em média, de R$ 1.200,00 a R$ 8.000,00 por mês.

A não ser que você trabalhe com CLT, a sua renda vai depender de uma série de fatores:

  • Quantidade de textos produzidos no mês
  • Tamanho dos textos 
  • Nível de experiência do redator
  • Familiaridade com o tema da redação
  • Capacidade de entregar resultados. 

Uma forma muito comum de precificação de textos para blogs é cobrar pelo número de palavras de um texto. 

Mas não existe uma regra. O valor das palavras é definido pelo redator conforme a sua experiência, como você verá a seguir.

Quanto ganha um redator iniciante

Um redator iniciante, que ainda não tem clientes e está escrevendo seus primeiros textos, pode cobrar 5 ou 7 centavos por palavra, por exemplo. 

Considerando o valor de R$ 0,06 por palavra, um texto de 1 mil palavras renderia R$ 60.

Em um mês, se você escrever 20 textos, isso daria uma renda de R $1.200.

É importante considerar que, nesse estágio, você pode cobrar menos por estar aprendendo ainda. 

Mas isso não quer dizer trabalhar de graça ou desvalorizar o seu trabalho.

Sou a favor de um mercado que reconheça o trabalho de redatores e enxergue que, por trás de um texto, existe pesquisa, planejamento, estratégia, técnica, estudo e dedicação.

Isso depende, em parte, dos próprios redatores.

Preços abaixo da média são desfavoráveis ao mercado como um todo e prejudicam o trabalho de redatores que levam a profissão a sério.

Por isso, minha dica é que você sempre cobre valores justos pelos seus textos. 

Quanto ganha um redator intermediário

Um redator intermediário pode cobrar, em média, de 8 a 15 centavos por palavras.

Esse profissional já aprendeu o básico e teve feedbacks positivos.

No nível intermediário, está o redator que já tem alguns clientes e entrega textos acima da média, mas ainda precisa desenvolver habilidades como SEO, copywriting e storytelling. 

Considerando uma média de R$ 0,10 por palavra, o preço de um texto de 1 mil palavras seria R$ 100.

Nesse exemplo, se você escrevesse dois textos de mil palavras por dia durante 20 dias, teria uma renda de R$ 4.000.

Quanto ganha um redator avançado

Um redator avançado cobra, em média, a partir de 15 centavos por palavra.

Mas não existe um valor máximo. Cada redator tem a liberdade para escolher o quanto deseja ganhar pela sua escrita.

Se você cobrasse R$ 0,20 por palavra, uma produção de dois textos diários de 1 mil palavras durante 20 dias proporcionaria uma renda de R$ 8.000. Nada mal, né?

A vantagem aqui é que redatores avançados já têm boa reputação no mercado, dominam as técnicas de redação online e entregam resultados surpreendentes para os clientes.

Muitas vezes, esses profissionais podem inclusive recusar ofertas que estão abaixo do seu preço justamente por entenderem que o mercado carece de bons redatores. 

Isso sem contar que serviços de copywriting, por exemplo, podem elevar ainda mais o valor dos textos.

Por isso, não há dúvidas de que você pode escalar os seus ganhos ao se tornar um redator online. 

Como ser um redator de sucesso: vá ao próximo nível

Agora você já conhece o passo a passo básico de como ser redator. Que tal subir ao próximo nível?

O Método Descomplica SEO é uma mentoria para você dominar as técnicas de SEO, copywriting e produção de conteúdos para blogs e encontrar os seus primeiros clientes de redação. 

Com ele, você poderá trocar ideias diretamente comigo em aulas ao vivo e online, revisão de atividades e materiais exclusivos. 

Você terá acesso a mais de 6 anos de estudo e prática reunidos em apenas 6 semanas para ser um redator de sucesso ainda em 2021.

Quer decolar a sua carreira escrevendo?

Aperte no botão abaixo para saber como posso ajudar você.

Leia mais

2 respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *